terça-feira, 3 de abril de 2012

Cenas - O Natal, as Ruas e a Brown Thomas

                 Mesmo sem um único floco de neve, Dublin não deixou de lembrar-nos que o Natal se aproximava. As ruas formigavam de pessoas carregando, às vezes com dificuldade, sacolas e mais sacolas cheias de presentes. Nunca vimos tantas caixas de videogames, laptops e monitores passando por debaixo de braços em tão poucos dias. Presente é levado ao pé da letra e são todos escolhidos à dedo com muito carinho.
                As vitrines se transformam, e mesmo sem o tema "Natal" explícito, todo o clima é de alegria e muito brilho. Alguns lugares começam a vender enfeites para árvores de Natal e outros se apropriam do clima mágico da época para surpreender. Esse é o caso da loja Brown Thomas, localizada na Grafton Street. A loja, impecavelmente organizada e decorada durante todo o ano e popular por sempre fazer mistério sobre sua próxima vitrine, tornado quase um evento, não decepcionou ao escolher 4 contos clássicos para ser tema de suas vitrines no final de ano. E apesar de não ter muito a ver com a época, o resultado vale ser mostrado aqui. Especialmente para quem trabalha com organização do ponto de venda. Encantadoras, todos paravam para tirar fotos de cada uma das 4 vitrines.
                E muito além da decoração, a época do Natal teve surpresas. O cantor Michael Buble deu uma "palhinha" em frente à Brown Thomas cantando uma música natalina de seu recente álbum e nada mais, nada menos que Bono Vox também deu o ar da graça na Grafton Street para outra "palhinha" natalina na véspera de Natal.
               A verdade é que em questão visual, Dublin não surpreendeu com luxuriosas decorações e explosões de luzes, mas o clima era estampado no rosto de cada um que franzia a testa à procura do presente perfeito, da loucura de comprar papéis para embrulho, barraquinhas que apareceram do nada na Henry Street vendendo de tudo um pouco, crianças rindo em meio ao congestionamento de carrinhos de bebê nas ruas, promoções e mais promoções que iam de vinhos à roupas, de queijos à chocolates, de bolos de frutas à carvão para as lareiras. 
               No subúrbio, as igrejas preparam suas missas, as pessoas saem para comprar seus pinheiros recém cortados, carregando-os em duplas ou amarrando em cima do carro ou no porta-malas, e toda casa faz questão de expor sua árvore de Natal na janela que dá para a calçada, transformando a rua em corredores de escuros com lindas árvores de Natal iluminadas à janela. Os cartões de Natal jorram pela caixa de correio e enchem as prateleiras e a lareira com votos de amor e paz, assim como dia após dia a base da árvore ganha mais e mais presentes impecavelmente embrulhados.
              No Natal nada abre ou funciona normalmente, o que é natural. As lojas e pubs ficam fechados e até o transporte público para por completo.
               Sim, o Natal é por aqui, uma daquelas datas que você espera o ano todo para que chegue. Só pelo simples e delicioso fato de ser Natal.
   
Ao contrário do ano anterior, esse Natal não nevou nada, o que não
impediu alguns bonecos de neve visitando a cidade.
Vitrine da loja oficial da Disney na Grafton Street.
Detalhe da decoração suspensa na Henry Street.
Decoração de vitrine da loja Arnots
A O'Connell Street ganhou uma moderna árvore de luzes que mudavam de cor.
Detalhe da decoração suspensa na Grafton Street
Loja de roupas na região da Grafton expõe boneco de peru que balançava.
Cada uma das 4 vitrines da Brown Thomas expunha um livro indicando o conto de inspiração e um trecho do próprio.
Neste caso, uma releitura de "A Bela Adormecida" 
"Cinderela"
"O Quebra-Nozes"
"Lago dos Cisnes"
Na casa onde moro e trabalho como Au Pair, a lareira ganhou meias e um charmoso arranjo.
Cada uma das duas meias tinha o nome das crianças bordado nelas.
E cada uma delas amanheceu com presentes e guloseimas.
Árvore de Natal iluminada para que todos possam admirar do lado de fora.
As famílias costumas enfeitar suas árvores com coisas que tem um significado
especial para a família, que vão desde enfeites com
nomes a outros que simbolizam algo pessoal.
E até a Lola (a cachorra da casa) ganhou um enfeite que a simboliza.

Um comentário:

  1. Olá, tudo bom ??
    Estou querendo muito ir para a Irlanda estudar e conhecer. Estou encontrando dificuldades de encontrar escolas baratas e confiaveis. Logo, acomodações tambem ! Você poderia me da uma ajuda ja que você mora ai ?? Aguardo atenciosamente sua resposta, to desesperada e precisando sair de onde moro por um tempo (ex-namorado), então quero ir logooo ! Beijos
    Se possivel entre em contato por e-mail. Please

    ResponderExcluir

O que você achou do Post?
Gostou? Não gostou? Dá para melhorar?
Deixe seus comentários, dúvidas, críticas ou sugestões!